RSS
Ligação
05 Mar

Um post muito interessante, pelo Dr. Pedro Morgado, publicado no blog Obsessivamente. Uma reflexão sobre os custos da doença mental (quer falemos do tratamento, do não tratamento ou das estratégias de prevenção). Até quando será a Saúde Mental o “parente pobre” da Medicina!?

doença mental

Obsessivamente

Por estes dias, um colega de outra especialidade comentou a sua perplexidade pelo facto das estatinas (medicamentos utilizados para controlar os níveis do chamado colesterol “mau”) não terem uma comparticipação superior à dos antidepressivos. Na sua ideia, as doenças cardiovasculares representavam um custo demasiado elevado em termos sociais pelo que se deveriam ser colocadas num lugar de primazia comparativamente com outras patologias, nomeadamente, as perturbações psiquiátricas. Tenho-me apercebido que esta é uma noção que está cristalizada não apenas entre a classe médica, mas em toda a sociedade de uma forma transversal. E o que dizem afinal os números?

Desde há uns anos que a Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Banco Mundial encomendam à Harvard School of Business que elabore estudos acerca da evolução dos custos directos e indirectos da saúde e das doenças, com vista a estabelecer prioridades e definir programas de intervenção à escala global. Para facilitar a leitura dos dados…

View original post mais 569 palavras

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em 5 de Março de 2014 em Sem categoria

 

2 responses to “A saúde mental é cara?

  1. Alexandra Santana

    7 de Março de 2014 at 1:27

    Enquando cidadã e profissional partilho exatamente da mesma opinião. Nada há mais caro e arrsicado para qualquer civilização/sociedade/comunidade do que cultivar sistemas cujas mentes não são/estão sãs..A crença e investimento no potencial humano vai fraca… A complexidade do ser humano não se vê nas radiografias, partida aos bocadinhos com indicações sobre onde colocar o gesso e a complexidade do que somos fica pois no obscuro, como se não fizesse parte também deste corpo que habitamos. É urgente mudar opiniões e valores. Continuem com as excelentes partilhas!

     
    • Reflexões de um Psiquiatra

      7 de Março de 2014 at 21:10

      Obrigado Alexandra. É mesmo urgente mudar opiniões e valores, assim como desfazer mitos e preconceitos. Um abraço.
      Diogo

       

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: