RSS

Umas boas entradas e, mais que tudo, uma boa caminhada.

O ano passou.

Ontem estávamos em 2018 e agora em 2019… e, espanto, está tudo igual!… Bom, talvez a vossa sala de estar ou a rua estejam um pouco mais sujas e estejamos a acordar mais tarde que o habitual, mas adiante.

Espero que tenham tomado umas boas resoluções para melhorar a vossa vida (e, já agora, também a dos outros), e que, pelo menos uma dessas decisões, tenha sido tentar gostar e cuidar mais de vocês e de quem vos rodeia.

Agora: mãos à obra, “o caminho faz-se caminhando”.

Feliz 2019!

Abraços

DG

“Caminante, son tus huellas el camino y nada más;

caminante, no hay camino,

se hace camino al andar.

Al andar se hace el camino,

y al volver la vista atrás

se ve la senda que nunca

se ha de volver a pisar.

Caminante no hay camino

sino estelas en la mar.”

Poema de Antonio Machado

 
1 Comentário

Publicado por em 1 de Janeiro de 2019 em Sem categoria

 

Boas festas

Desejo a todos um Feliz Natal e uma ótima entrada em 2019. Com paz, serenidade, afetos e partilha.

Até breve e obrigado por estarem aí.

DG 2018

3be5e9a6b69c56c45686290d6e5ad83e33c7f5d9.jpg

 
2 Comentários

Publicado por em 21 de Dezembro de 2018 em Natal

 

Etiquetas: ,

10 Outubro: Dia Mundial da Saúde Mental

Dia 10 de Outubro é o dia Mundial da Saúde Mental. Ao longo dos anos este dia tem tido o propósito de chamar a atenção da comunidade para vários aspetos da nossa saúde mental, sendo que este ano o tema é “os jovens e a saúde mental num mundo em mudança”. A este propósito convido a visita à pagina da Organização Mundial da Saúde, onde poderão aprofundar mais este tema: http://www.who.int/mental_health/world-mental-health-day/2018/en/

saude mental.jpg

A Organização Mundial de Saúde (OMS) define a Saúde Mental como “o estado de bem-estar no qual o indivíduo realiza as suas capacidades, pode fazer face ao stress normal da vida, trabalhar de forma produtiva e frutífera e contribuir para a comunidade em que se insere“. Nesta definição, a “saúde mental” é entendida como um aspeto vinculado ao bem-estar, à qualidade de vida, à capacidade de amar, trabalhar e de se relacionar com os outros. Com esta perspetiva positiva, a OMS convida a pensar na saúde mental muito para além das doenças e das deficiências mentais.

Já anteriormente escrevi um post sobre promoção e prevenção das doenças mentais que pode ser aqui consultado. Mas nunca é demais chamar a atenção para coisas simples que todos nós podemos fazer para melhorar a nossa saúde mental e para prevenir situações mais complicadas no futuro… Aliás este tema foi relevado numa revisão muito recente (de 2018), na prestigiada revista Lancet Psychiatry (se tiverem a possibilidade leiam este artigo que é muito interessante), focando estratégias preventivas ao longo das várias alturas da nossa vida (desde antes do nascimento, até ao início da vida adulta).

Deixo-vos com uma pequena síntese das estratégias preventivas gerais (existem outras para grupos de risco, mas isto fica para outro post), baseadas na evidência científica atual, ao longo do nosso ciclo de vida.

Durante a gravidez e período pós-parto:

  • Boa nutrição
  • Vigilância adequada da gravidez e bons cuidados no parto
  • Promoção de uma boa vinculação entre progenitores e o recém-nascido

Durante a infância e adolescência:

  • Estimulação adequada à idade
  • Refeições (e tempo) em família
  • Treino de estratégias de resiliência
  • Bom clima escolar e familiar
  • Intervenções contra o bullying e outros tipos de violência
  • Boa nutrição
  • Exercício físico regular
  • Bons hábitos de sono
  • Prevenção de abuso de substâncias

Durante a vida adulta:

  • Boa nutrição
  • Exercício físico regular
  • Estratégias de redução de stress crónico
  • Bons hábitos de sono
  • Promoção de redes de suporte social e familiar (prevenir o isolamento)
  • Facilitar o reconhecimento precoce da doença mental e seu tratamento

Em todas as alturas do ciclo de vida:

  • Reduzir as iniquidades sociais e prevenir o desemprego
  • Melhorar a educação e os cuidados na infância
  • Reduzir o estigma associado à doença mental
  • Aumentar a consciencialização da sociedade e dos profissionais de saúde

Que todos tenhamos um bom dia e sempre promovendo a nossa saúde mental.

DG 2018

 

Etiquetas: , , ,

10 Setembro Dia Mundial da Prevenção do Suicídio

O amanhã precisa de ti.

#setembroamarelo

#suicidepreventionday

Se estiver com pensamentos de suicídio, saiba que pode ser ajudado.

Falar é a melhor solução, ligue para o SOS VOZ AMIGA, consulte um técnico de saúde mental, fale com um familiar ou amigo. Se for preciso recorra mesmo ao 112 ou às urgências.

Não guarde para si.

O Suicídio pode ser evitado.

Obrigado por divulgar.

Diogo Guerreiro.

 

Etiquetas: , ,

Reflexões musicais

Uma sugestão de banda sonora para estes dias quentes…


Gosto muito deste clássico e, apesar dos múltiplos significados que uma música pode ter, acho que esta letra toca num tema que é o “olhar para dentro” e como por vezes isso é tão difícil. Algo que vejo no meu quotidiano, nas consultas, com amigos, comigo próprio. Mesmo que muitas vezes tentemos ignorar sentimentos, emoções, ressentimentos, fragilidades, enquanto não as encararmos elas vão estar sempre a incomodar-nos (tal como o insecto de que o Bono fala).

Bons dias e boas músicas.

DG 2018

“Starin’ at the sun
Afraid of what you’d find
If you took a look inside
Not just deaf and dumb
Staring at the sun
Not the only one
Who’s happy to go blind…
There’s an insect in your ear
If you scratch it won’t disappear
It’s gonna itch and burn and sting
Do you want to see what the scratching brings
Waves that leave me out of reach
Breaking on your back like a beach
Will we ever live in peace?”

 

Etiquetas: , , ,

Possibilidades…

“É possível mudar?”. Perguntou-me ontem um paciente, “Sim, é, desde que arrisque a mudar”.

 

Etiquetas: , , ,

Exercício fisico e Saúde Mental

Uma Ted Talk interessantíssima sobre o poder do exercício fisíco na nossa Saúde Mental, pela Neurocientista Wendy Suzuki (com legendas em Português).

“E se vos disser que há algo que podem fazer agora mesmo que teria um efeito positivo imediato no vosso cérebro inclusive no vosso humor e concentração? E se vos disser que isso pode durar imenso tempo e proteger o cérebro de diferentes doenças como depressão, Alzheimer ou demência. Fariam isso? Sim!

Estou a falar dos poderosos efeitos da atividade física. Basta movimentar o corpo para obter benefícios imediatos, protetores e duradouros no cérebro. E podem durar o resto da vida.”

 

Outras dicas sobre como cuidar do nosso cérebro podem ser vistas aqui: “Já fez exercício cerebral hoje?”

A ver e a praticar!

Abraços
DG 2018

 

 

Etiquetas: , , ,

 
%d bloggers like this: