RSS

Será que o génio alguma vez morre?

22 Jan

1933-2014

1933-2014

Cláudio Abbado, 80 anos. Antigo diretor do Scala de Milão, da Ópera de Viena, ex-maestro principal na Orquestra Sinfónica de Londres, na Filarmónica de Berlim e também maestro convidado da Orquestra de Chicago.

Para além de ser um enorme e reconhecido artista, durante a sua vida teve um papel importantíssimo na divulgação da música clássica, sobretudo entre jovens e marginalizados. Acreditava que a formação musical era na realidade “a educação do homem”.

Um génio… nunca morre.

Fica aqui a minha homenagem.

DG 2014

Anúncios
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 22 de Janeiro de 2014 em Reflexão musica

 

Etiquetas: ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: